Um evento. Dois fotógrafos.

|
Fotografar dança é bem mais que uma arte. É dançar junto. O fotógrafo precisa ouvir a música e saber em que acorde os bailarinos estarão no ápice do movimento, precisa pegar o pé mais esticado, o braço bem colocado.
O Teatro Municipal do Rio de Janeiro completou 100 anos e nas comemorações houve apresentações de dança. Dê uma olhada no que foi captado no evento, na visão de fotógrafos diferentes, e me diga se não tenho razão. No G1, os bailarinos foram desvalorizados, pegos em posições ingratas. Já as fotos da Paula Lobo devem ajudar até os amadores. Lindas!

No G1:



Da Paula Lobo (dica da Cló, que viu aqui):







Bom, para quem quiser saber mais sobre fotos de dança, selecionei algumas coisas legais.
Dos festivais que conheço, alguns fotógrafos arrasam:

A Agência Espetaculum faz as fotos do Festival de Dança de Joinville. Com os melhores bailarinos do país nos palcos, sempre sai coisa boa:



O Renato acerta na maioria das vezes. É dele a minha foto mais querida (eu e Jorge em A Escrava e o Mercador):


Agora, para causar de vez, o meu preferido: Gene Schiavone ganha a vida fácil, viu? Porque ele trabalha com as estrelas máximas da dança, em vários estilos. Escândalo!



4 comentários:

Lucienne disse...

...gente, o que é essa penúltima foto??!!! É até esquisito de tão incomum! Realmente, tem que ter muito talento para ser um fotógrafo de ballet!

Clóris Daniela disse...

Quantaaaa diferença! Essas do G1 nem deviam ter sido publicadas. Bjokas, Cló.

SÓ TEM UMA disse...

Com o perdão da comparação, as fotos do G1 parecem saídas de algum programa de comédia histriônica da Globo, tipo "Zorra Total"

Raoní Santos disse...

nossa diferença absurda