Sobre a febre amarela

|
Ouvi hoje no rádio a notícia de que uma mulher morreu por ter tomado a vacina para febre amarela. Outro dia me disseram que há pessoas tomando mais de uma dose. Indignada, achei por bem publicar aqui o e-mail que meu tio, especialista no assunto, mandou para nossa família.

“Queridos,

Não temos epidemia - há um surto em Goiás. A constatação que pessoas contaminadas em Goiás foram desenvolver a doença em outros estados – onde circula o Aedes - eleva o risco de surto de FA urbana. Na realidade esse risco já existe há quase 20 anos - visto que nas matas continua existindo o vírus da FA - em macacos e que tais - impossível de ser extinto e a população continua "entrando" nas matas.

De outro lado o Aedes está "urbanizado" e "domiciliado' - passando bem saudações! - o que torna explosiva a junção doente de FA em área urbana com Aedes circulando. Antes
que vacinar, o foco deveria ter sido em eliminar os criadouros de Aedes das residências - somos criadores de criadouros, que tal? - o que impediria a disseminação da FA mesmo que tivéssemos doentes importados da Indochina.

Todo o mundo sabe disso - mas dá mais IBOPE reclamar do governo - prefeito, governador e presidente - do que limpar o quintal e pôr areia nos vasos de plantas e flores! Ou seja, a FA passou a ser problema das "otoridades" exclusivamente e a população (nós) podemos (não) fazer qualquer coisa, que seremos sempre vítimas. Oswaldo Cruz e Emilio Ribas acabaram com a FA aqui em RP e São Simão como demonstração "piloto" antes de erradicar a FA no Rio de Janeiro. A receita? Caçar mosquitos (criadouros) e a população AGIR!!!

Finalmente, se não há criadouros na sua casa, nem no seu bairro você não precisa correr a tomar a vacina - a menos que pretenda visitar os amigos goianos e que tais! Provavelmente a tarefa de Oswaldo Cruz foi facilitada porque na época não havia a mídia que desinforma e manipula – aí sanitaristas eram OTORIDADES e as coisas eram feitas como devido.

Acho que estendí muito, não? Desculpem, há um pouco de desabafo também.
Beijão a todos e um 2008 legal, sem mosquitos...”
Juan

3 comentários:

♥ Lidi disse...

de qualquer forma, ficou registrada a dica!

bjo =*

*estou esperando um post de chorar, OK?

Indh disse...

Eita!
boa, a dica, e eu nem queria tomar vacina mesmo =)


vou divulgar pros afobados de plantão.

beijo aninhaa, saudades!

Raoní Santos disse...

mto bom tocar no assunto. fora os amigos goianos eh bom lembrar que alguns paises para qual vc vai viajar Exigem essa vacina dependendo da onde vc vem. Ou no caso de paises como Panama para onde voce vai. E algumas regioes do Brasil mas todas a norte e oeste do país. Ja que maior parte da massa habitacional do pais ta na costa atlantica, grande parte da populacao realmente nao precisa da vacina e como voce disse estao sendo realmente vitimas da falta de informacao CORRETA.

Beijonnnnnnnnn