Divã

|
Não sei bem o que dizer sobre mim. Não me sinto uma mulher como as outras. Por exemplo, odeio falar sobre crianças, empregadas e liquidações. Tenho vontade de cometer haraquiri quando me convidam para um chá de fraldas e me sinto esquisita à beça usando um lencinho amarrado no pescoço. Mas segui todos os mandamentos de uma boa menina: brinquei de boneca, tive medo do escuro e fiquei nervosa com o primeiro beijo. Quem me vê caminhando na rua, de salto alto e delineador, jura que sou tão feminina quanto as outras: ninguém desconfia do meu hermafroditismo cerebral. Adoro massas cinzentas, detesto cor-de-rosa. Penso como um homem, mas sinto como mulher. Não me considero vítima de nada. Sou autoritária, teimosa e um verdadeiro desastre na cozinha. Peça para eu arrumar uma cama e estrague meu dia. Vida doméstica é para os gatos.

(Martha Medeiros, meu alter ego)

6 comentários:

Anônimo disse...

A Martha gosta de ramones tbém?
Beijinhos
Xis
srxis.zip.net

Tequila disse...

Ahhhhhh, com certeza. Senão ela não seria uma mulher completa. Xis, cadê os comentários do seu blog? Sábado também passei o dia na USP. Mas vc sabe que meu esporte era bem outro. Beijos!

Rodrigo disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Até mais.

Raoní Santos disse...

seu alter ego nao se incomoda em postar em um blog completamente cor-de-rosa ???

(encontei seu blog nos amigos do X)

Larissa Salles disse...

Sensacional!

Não precisava nem creditar a crônica, esse texto é da Martha, sem dúvidas!

Parabéns, o blog está ótimo! Adorei!

Anônimo disse...

vab банк
vab банк
[url=http://globalist.org.ua/?p=19244]vab банк[/url]
http://globalist.org.ua/?p=19244 - vab банк